Escrito por CAMI em . Publicado em Notícias.

Comunicado do CAMI sobre a Rampa Serra da Estrela

O CAMI, clube organizador da Rampa Serra da Estrela, vem por este meio informar da derrogação concedida pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, ao abrigo do Artigo 3.6.1.1 das Prescrições Gerais de Automobilismo e Karting.

 

A crise pandémica mundial e o consequente Estado de Contingência decretado em território nacional levaram a fortes restrições nas provas desportivas em Portugal, com consequências para todos os envolvidos. Uma destas consequências foi a necessidade de recalendarizar, para o último trimestre de 2020, vários eventos de desporto automóvel que foram adiados devido à crise pandémica.

Isto levou, entre outras sobreposições no calendário oficial da FPAK, a uma coincidência de datas do Rali Vidreiro – Centro de Portugal (pontuável, entre outros, para o Campeonato de Portugal de Ralis GT) e da Rampa Serra da Estrela (pontuável, entre outros, para o Campeonato de Portugal de Montanha), duas provas a disputar no próximo fim de semana. Havendo equipas que montaram os seus projetos desportivos para 2020 de forma a participarem nos dois campeonatos, e de forma a não prejudicar ainda mais intervenientes, organizações e a própria modalidade, entendeu o CAMI solicitar à FPAK uma derrogação excecional do artigo 9.16.1 do Código Desportivo Internacional, pedido esse que foi deferido pela entidade federativa. Será, assim, possível a concorrentes do Rali Vidreiro – Centro de Portugal, participarem também na Rampa Serra da Estrela.  

O CAMI enaltece a sensatez e o compromisso com a promoção do desporto automóvel demonstrados pela FPAK neste processo.