Rui Ramalho chegou, viu e venceu

Rui Ramalho não podia comemorar de melhor maneira o seu segundo título nacional de montanha. O piloto do Osella PA 2000 Evo 2 chegou, viu e venceu na Rampa da Sra. da Graça, confirmando nas subidas oficiais de prova aquilo que já tinha demonstrado em treinos.

Com a tranquilidade de um campeão já coroado, Ramalho começou a prova do CAMI Motorsport em Mondim de Basto, realizando os melhores registos na segunda e terceira subidas de treinos, realizadas da manhã deste domingo, conseguindo rodar abaixo de 2m10s.

Mas o piloto portuense, sempre insatisfeito, ‘tratou’ de rodar abaixo ainda dos 2m08s (2.07.699) logo na primeira subida oficial de prova. Seria a marca do fim de semana, já que de seguida ‘trepava’ o Monte Farinha em 2m08,955s, ‘rematando’ o triunfo com o somatório de 4m16,654s.

Atrás do vencedor, Hélder Silva levou o Juno CN09 à segunda posição absoluta e nos protótipos. Para tal bastou rodar em 2m18,681s na primeira subida oficial e 2m15,938s na segunda.

O pódio absoluto foi completado por José Correia, que tal como prometera se bateu pelas posições cimeiras aos comandos do Nissan GT-R GT3. Depois de subir em 1m19,498s o vencedor dos GT ‘trepou’ ao Monte Farinha em 2m18,811s.

Quarto classificado no final, Manuel Correia garantiu o triunfo nos Turismo e na Divisão 2. O piloto do Ford Fiesta R5 + realizou a primeira subida em 2m27,034s, batido por Nuno Guimarães, mas depois logrou o quarto registo, 2m25,873s, ‘arrumando a questão’ face a Luís Nunes, que na derradeira subida ficou a um segundo do seu adversário. Mas o triunfo nos Turismo 4 não fugiu ao piloto do Audi RS3 LMS.

Nos Turismo 3 a vitória não escapou a Joaquim Teixeira e ao Seat Leon Eurocup MKII, o mesmo sucedendo a Parcídio Summavielle nos Turismo 1.

Já no Campeonato de Clássicos de Montanha JC GROUP José Pedro Gomes confirmou a sua vitória. No Ford Escort MKII o piloto de Montalegre começou por subir em 2m40,031s, para na segunda subida oficial de prova registar 2m42,618s. Flávio Saínha\s terminou na segunda posição e vencer a Divisão 5, enquanto ao último lugar do pódio subiu Rui Gama, que aos comandos de um Mini Clubman venceu também a Divisão 6.

Na Taça de Portugal de Montanha 1300, Leonel Brás (Citroen AX) voltou a ser rei e senhor, dominando por inteiro a competição reservada a carros com motores até esta cilindrada.

  • Municipio Boticas
  • Municipio Chaves
  • Municipio Covilha
  • Municipio Mondim De Basto
  • Municipio Murca
  • Poster Digital