Rali do Alto Tâmega

Bruno Magalhães vence o Rali do Alto Tâmega

Bruno Magalhães bate Armindo Araújo por 11.2s e é o novo líder do Campeonato 
Pedro Antunes vence primeira prova da Peugeot Rally Cup Ibérica

A dupla Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Hyundai i20) sagrou-se vencedora, na tarde deste domingo, do Rali do Alto Tâmega, quarta prova do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), organizada pelo CAMI Motorsport, ao vencer quatro das seis classificativas e estabelecer, no final, uma diferença de 11.2 segundos para Armindo Araújo (Skoda Fabia). 

Acesso ao Roadbook

História do Rali do Alto Tâmega

Um Rali de Tradições

A história do Rali do Alto Tâmega

Em termos históricos, António Rodrigues, Joaquim Santos, Joaquim Moutinho, José Miguel, Carlos Bica e Fernando Peres, que figuram na galeria dos melhores de sempre, têm o seu nome escrito no palmarés de uma prova mítica com classificativas de asfalto. Nos últimos dois anos, já com o CAMI Motosport empenhado em recolocar o Alto Tâmega na alta roda dos ralis, Luís Delgado e Vítor Pascoal foram quem fez a festa no final.

Os condicionalismos ditados pela pandemia da Covid-19 a partir do último mês de Março, com reflexos evidentes na estrutura inicial do calendário do Campeonato de Portugal de Ralis, levaram o CAMI Motorsport, em sintonia com a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), a antecipar em uma semana a data da prova transmontana. Mas não só, já que ainda na fase de quarentena e na preparação para a retoma os ralis, pilotos e FPAK acordaram a necessidade de reduzir a quilometragem das provas.

Apesar de tudo, a estrutura deste Rali Alto Tâmega, com duas classificativas na tarde de sábado e as restantes quatro no domingo, com pouco mais de um total de 100 km ao cronómetro, promete reunir ingredientes para proporcionar um elevado nível competitivo. Aliás, entre as várias particularidades históricas deste rali, uma delas está relacionada com as diferenças mais curtas de sempre no campeonato entre os dois primeiros classificados. Se na edição de 1987 Joaquim Santos venceu por 2 segundos, em 1992 Fernando Peres fê-lo por… 1 segundo!

Distâncias à parte… o rali de 2020 exigirá, para salvaguardar não apenas a saúde de todos os intervenientes e não só, mas também o futuro deste desporto, o escrupuloso cumprimento das regras de segurança recomendadas pela Direção Geral de Saúde. E o CAMI Motorsport, na defesa dessa nova ordem, não se poupará a esforços para que todos se sintam confortáveis e seguros na bela região do Alto Tâmega.

Uma Região ùnica

CLASSIFICATIVAS ESPETACULARES
BOA GASTRONOMIA
MODERNAS UNIDADES HOTELEIRAS
PAISAGENS DESLUMBRANTES

Edição de 2019

A dinâmica do CAMI Motorsport tem vindo a crescer de ano para ano e na época de 2020 o trabalho desenvolvido foi premiado com a responsabilidade de fazer regressar o Rali Alto Tâmega, uma prova mítica na história dos ralis em Portugal, ao calendário do Campeonato de Portugal.

COVID-19 - Reinício das Competições

Na sequência da publicação da Resolução do Conselho de Ministros 40-A/2020 do passado dia 29 de Maio, em especial o disposto no respetivo Art. 19 e, tendo também presente, por um lado, o disposto na Orientação 030/2020 emanada pela Direção Geral de Saúde na mesma data e, por outro, o Plano de Contingência oportunamente circulado, a FPAK vem por este meio comunicar que se encontram agora reunidas condições para se poder preparar e implementar o reinício de todas as competições, cuja realização tinha sido suspensa em consequência da pandemia, excepção feita às competições nos Açores que aguardam parecer favorável do Governo Regional do Arquipélago.
Clube organizador do Rali do Alto Tâmega

Contactos

CAMI - Clube Aventura do Minho
Rua Gonçalo Zarco, 1129 - Loja 2
4450-685 Leça da Palmeira
  • Tlm + 351 918 137 996
  • Fax +351 22 996 49 55
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.